Bora falar de Prevenção?

O câncer de colo de útero demora para se desenvolver e é um câncer que tem um alto índice de cura quando diagnosticado logo no início (100%), daí a importância da realização do exame de Papanicolau em mulheres acima dos 21 anos de idade, com vida sexual ativa. A partir dos 30 anos o exame pode ser feito junto com o teste de HPV e se negativo, a cada 5 anos. É o terceiro câncer mais comum entre as mulheres e a infecção pelo HPV (papilomavírus humano) é responsável por 99,7% dos casos.
Como seu desenvolvimento é lento, no início não há sintomas, já nos estágios mais avançados pode ocorrer sangramento vaginal anormal, dor e sangramento após a relação sexual, menstruação mais prolongada, secreção vaginal diferente do habitual, que pode ou não ser acompanhada de sangue e dor no abdômen.
O exame de Papanicolau, a vacinação contra o HPV, assim como uma alimentação saudável e a
prática de atividade física regular, podem ajudar a combater esse tipo de câncer e diminuir a sua mortalidade, já que hoje ele é o quarto tipo de câncer que mais mata mulheres no Brasil. O uso de preservativos protege parcialmente do contágio pelo HPV, já que ele pode ocorrer pelo contato com a pele da vulva, região perineal, perianal e bolsa escrotal.

Fontes: https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/cancer/tipos/colo-do-utero e https://accamargo.org.br/sobre-o-cancer/tipos-de-cancer/colo-do-utero

Receba este carinho.

Paula Lopes

Enfermeira oncologista/hematologista e coach do Instituto Onco Superação

Compartilhe

Mais Posts

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência no site. Ao clicar no botão ao lado e continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade